Acabou a era do líder mandão!

Acabou a era do líder mandão! Por várias razões, mas principalmente porque ninguém mais obedece. As pessoas agora querem se engajar, querem acreditar.

Não que isso seja novidade, afinal, os maiores líderes de todos os tempos mais inspiraram do que mandaram. De Jesus Cristo, passando por Mahatma Gandhi até Steve Jobs, entre outros, todos os grandes líderes conduziram seus liderados para um propósito, um lema.

Se antes os líderes empresariais eram chefes, agora eles são drivers de inspiração.

Demoramos alguns séculos para entender que propósito não se impõe, se inspira. Daí que o termo ‘liderança inspiradora’ é um dos mais usados quando o assunto é gestão de pessoas.

Um líder inspirador, transforma pessoas em defensoras de um propósito, as conduz com equilíbrio entre as metas e ambições da empresa e tem como objetivo a satisfação de seus liderados. Na prática, ele sabe aonde quer chegar, e mostra esse destino à equipe. Mais do que isso, está sempre procurando maneiras de fazer com que o caminho seja percorrido da maneira mais leve possível. Sob a pele dos líderes inspiradores há um verniz de sensibilidade, uma camada que se mostra em atitudes de motivação e colaboratividade. Acompanhe, a seguir, os quatro “novos” pilares da liderança:

 

Colaboração

Vamos fazer juntos? O que eu e você podemos fazer para atingir este objetivo?

Em que posso te ajudar? Vem comigo! Estas são frases típicas que saem da boca dos líderes inspiradores.

Os novos líderes não dão de ombro, não mandam fazer, eles delegam e dão os braços aos seus liderados, estão sempre dispostos a conduzir, pois reconhecem o poder da colaboração.

 

Construção

Mais do que desenhar uma tarefa e delegar para alguém, os líderes inspiradores procuram sentar com seus subordinados para juntos construírem um plano. A nova liderança é feita de diálogo, não de monólogo. O que você acha que podemos agregar nesta tarefa para que o resultado final tenha mais valor para os nossos resultados? É basicamente isso que um líder que acredita na construção pergunta. Ele está sempre pronto para o feedback, para mudar a rota e para acrescentar ideias.

 

Motivação

Uma andorinha desmotivada não vai em busca do verão. Um profissional desmotivado se deleita com o conforto de suas atividades e tende a não se arriscar, não inovar e não fazer diferente. Os líderes inovadores sabem disso, por isso calcam sua liderança também na motivação. E como se motiva um profissional? De inúmeras formas. Vai desde uma remuneração adequada e compatível com os resultados até a sensação de pertencimento, passando por reconhecimento individual e condições satisfatórias de trabalho. Todo mundo gosta de recompensas tangíveis e intangíveis. Receber um feedback positivo, ser reconhecido perante os colegas e perante a empresa, muitas vezes é mais compensador do que receber um aumento no salário. O ideal, os líderes inovadores sabem, é equilibrar estes fatores para motivar os colaboradores. Ah, bem lembrado: os líderes inovadores vêem e tratam seus liderados como colaboradores. Eles sabem que sem bons integrantes de equipe, os resultados deixarão a desejar.

 

Empatia

Sabe a empatia? Aquela capacidade de se colocar no lugar do outro? Pois é, os líderes inovadores têm esta qualidade e buscam acioná-la a todo momento.

Eles usam da empatia na hora de delegar funções, na hora de avaliar e na hora de cobrar. Com isso, conseguem visualizar as habilidades e os pontos de melhoria, colocando-se como mentores de seus liderados.

A PROS Consultoria é especialista em treinamento de liderança e gestão, trazendo grandes resultados para as organizações. Se você quer e precisa aumentar a produtividade da sua equipe e executar uma liderança transformadora, nós podemos te ajudar. Entre em contato com os nossos consultores de sucesso e marque uma reunião. Nós garantimos o aumento de produtividade, em 75%.

Leia mais